facebook:

Garantia estendida

 

  Publicado em: 04/09/2012

Neste post trataremos de garantia estendida e de outros produtos e serviços oferecidos ao consumidor.

Primeiramente cumpre esclarecer que garantia estendida nada mais é do que um seguro.

A garantia estendida pode ser para complementar a garantia dada pelo fabricante (cobrir situações que a garantia do fabricante não cobre) ou para estender a garantia do produto (após o término da garantia do fabricante, passa a valer a garantia dada pela seguradora).

Se for contratada a garantia complementar, sua vigência se dará juntamente com a garantia do fabricante, porém, se for a garantia que estende a do fabricante, sua vigência se dará após a garantia da fábrica.

Se você consumidor adquirir um celular e contratar uma garantia estendida, tal garantia não será dada pela fabricante ou pelo estabelecimento de compra, mas sim por uma seguradora.
O consumidor deve ficar atento se deseja ou não adquirir tal seguro, pois muitas redes de varejo já embutem a garantia estendida sem solicitação do consumidor e tal situação passa despercebida. (Vide post anterior sobre “venda casada”)

O consumidor deve atentar-se para alguns pontos:

1 – Ler atentamente as condições do seguro e verifique se atende àquilo que deseja;
2 – Faça as contas e veja se o preço da garantia estendida compensa frente ao valor do produto. Produtos eletrônicos tornam-se obsoletos rapidamente.
3 – Verificar se em caso de sinistro do produto o pagamento será o valor integral ou parcial do bem.

Fora a garantia estendida, há inúmeros outros seguros que são oferecidos ao consumidor, tais como: seguro contra perda ou roubo do cartão, seguro acidente, seguro desemprego, etc. Porém, o consumidor deve ficar atento às condições de todos os seguros que lhe são oferecidos e verificar se terá alguma utilidade se eventualmente precisar acioná-lo.

Por fim, a dica que deixo é que o consumidor deverá ler atentamente todas as causas de cobertura de qualquer seguro e se lhe for útil e viável, aí sim contratar. Ninguém é obrigado a adquirir/contratar nada contra sua vontade e muito menos forçado a isso, portanto, analise e pense bem.

Até o próximo.


Maria Carolina Mancini – OAB/SP 277.690

mariacarolina@vmadvogados.adv.br

 

Maria Carolina Mancini é advogada e gestora do escritório VM Advocacia, formada pela Instituição Antônio Eufrásio de Toledo no ano de 2007.  Pós-graduada pela Instituição Antônio Eufrásio de Toledo em Direito Empresarial e Tributário no ano de 2012. Atuou como assistente jurídico e advogada na empresa Brascan Agri S.A., multinacional canadense especializada em agronegócio.

Erro ao conectar com banco