| Presidente Prudente/SP

Brad Pitt vive gerente de beisebol em filme exibido no Sesc

Da Redação

Em 05/02/2018 às 20:31

Sessão especial desta terça (6) tem início às 20h30, no Bosque do Sesc Thermas; entrada é gratuita

(Foto: Divulgação)

Um dos esportes mais populares nos Estados Unidos e difundido no Brasil pela colônia japonesa, o beisebol é abordado no Cine Esportivo em sessão nesta terça-feira (6). Com entrada gratuita, a exibição do filme Moneyball - O Homem que Mudou o Jogo tem início às 20h30, no Bosque do Sesc Thermas de Presidente Prudente.

Baseado no livro Moneyball, do jornalista Michael Lewis, o filme retrata a história de Billy Beane, gerente do time de beisebol Oakland Athletics, que é interpretado por Brad Pitt. Com pouco dinheiro em caixa e a ajuda de Peter Brand (Jonah Hill), ele desenvolve um sofisticado programa de estatísticas para o clube, que alavanca as contratações e deixa a equipe entre as principais do esporte nos anos 80.

O filme

Longe de ser apenas uma produção de celebração ao esporte, o longa-metragem do diretor Bennett Miller aborda temas como adaptação, quebra de paradigmas e persistência. O Homem que Mudou o Jogo é um relato sobre uma obsessão e um obcecado.

Billy Beane tem a ingrata tarefa de encontrar, treinar e tornar famosos jogadores que, invariavelmente, vão terminar em equipes mais ricas. Entra em cena, porém, o analista novato Peter Brand, que sugere um novo sistema para escolher jogadores desacreditados com base em suas médias estatísticas - e não sair em busca de superastros -, criando assim uma equipe cuja força é o grupo e não os indivíduos.

A frase que abre o filme "é inacreditável o quanto você não sabe do jogo que tem jogado a vida toda" relaciona a existência dos personagens dentro e fora de campo. Tema comum a vários filmes contemporâneos, o do profissional que deixa sua família e amigos em segundo plano, buscando a excelência no que o define como pessoa e vencedor, é o dilema de Billy Beane.

O confronto entre o velho e o novo, a necessidade de mudança não apenas estrutural, mas pessoal a que ele deve submeter o time e a si mesmo são parte do processo de superação de que trata o filme.

O Homem que Mudou o Jogo teve a indicação ao Oscar em seis categorias – filme, ator, ator coadjuvante, roteiro adaptado, edição e som.

Compartilhe
Notícias Relacionadas

Rua Catharina Venturim Peretti, 171

Mário Amato - Presidente Prudente-SP

Telefones: 18-3909 3629 | 18-98122 7428

© Portal Prudentino - Todos os direitos reservados.