| Presidente Prudente/SP

Documentários dão início a especial de cinema no Sesc Thermas

Da Redação

Em 07/11/2017 às 09:00

Produções abordam conflitos raciais e a diversidade da cultura afro em celebração ao Dia da Consciência Negra

(Foto: Divulgação)

Durante as terças-feiras deste mês, a telona do Cine Bosque montada ao ar livre exibe produções que abordam conflitos raciais e a diversidade da cultura afro em celebração ao Dia da Consciência Negra, comemorado em 20 de novembro.

O documentário nacional “Dona Vilma”, acompanhado do curta “Tudo o que você gostaria de saber sobre macumba e nunca teve coragem de perguntar” abrem o especial nesta terça-feira (7), a partir das 20h30, no Sesc Thermas de Presidente Prudente. Após a exibição, será feito um bate-papo com a diretora cinematográfica Vanessa Santos Oliveira. A entrada é gratuita.

Vanessa dirige “Dona Vilma” que retrata a história de sua própria mãe, Vilma Santos de Oliveira, também conhecida como Yá Mukumby, uma das mais conhecidas líderes do movimento negro do Paraná.  O curta passa pela trajetória pessoal, política e religiosa da mãe de santo e conselheira municipal de Promoção de Igualdade Racial de Londrina, assassinada em 2013.

Produzido pela Vila Cultural Alma Brasil para o Prêmio Griô na Escola e na TV, o vídeo “Tudo o que você gostaria...” complementa a narrativa sobre a mestre Griô Yá Mukumby. Até o fim do mês, três filmes ainda são apresentados nas noites de terças. São eles: Madame Satã (14/11), Faça a Coisa Certa (21/11) e Sangoma (28/11).

A mostra integra a programação especial do Sesc Thermas para o mês da Consciência Negra, formada por um conjunto de ações que refletem cenários, produções, personagens, saberes, gingados, memórias, crenças e valores da cultura negra, com o objetivo de fortalecer e valorizá-la para a construção de uma sociedade pautada no respeito à diversidade étnico-racial e cultural.

Consciência Negra

Instituída por uma lei de 2011, a data faz referência a Zumbi, então último líder do Quilombo de Palmares e que foi morto por bandeirantes em 20 de novembro de 1695. Zumbi virou símbolo de resistência ao poder colonial, e o que se comemora como consciência negra é justamente a sua luta e a de todos os quilombolas contra a escravidão e a dominação econômica e ideológica.

Compartilhe
Notícias Relacionadas

Rua Catharina Venturim Peretti, 171

Mário Amato - Presidente Prudente-SP

Telefones: 18-3909 3629 | 18-98122 7428

© Portal Prudentino - Todos os direitos reservados.