| Presidente Prudente/SP

Sesc Thermas promove bate-papo com Serginho Chulapa

Da Redação

Em 20/04/2018 às 14:15

Serginho Chulapa compartilha suas histórias e experiências ao longo de sua história como jogador de futebol

(Foto: Ivan Storti/ AI Santos FC)

O Sesc Thermas de Presidente Prudente recebe, na próxima quarta-feira (25), o ex-centroavante da Seleção Brasileira Serginho Chulapa e o jornalista Wladimir Miranda, autor do livro “O Artilheiro Indomável – as incríveis histórias de Serginho Chupala”; Com entrada gratuita, o bate-papo acontece na área de convivência da unidade, a partir das 19h.

Considerado o maior artilheiro da história do São Paulo e ídolo do Santos, Serginho Chulapa compartilha suas histórias e experiências ao longo de sua história como jogador de futebol.

Desta maneira, o encontro promete grandes revelações sobre os principais episódios do futebol brasileiro, sobretudo os polêmicos episódios envolvendo o jogador, como a frustrada Copa do Mundo de 1982.

Atualmente com 65 anos e membro da comissão técnica do Peixe, Serginho coleciona importantes títulos em sua trajetória esportiva, especialmente como artilheiro, dos quais vale destacar: Campeonato Paulista de 1975, com 22 gols pelo São Paulo; Paulista de 1977, com 32 gols também pelo São Paulo; Brasileirão de 1982, com 20 gols pelo tricolor paulista; Campeonato Paulista de 1983, com 22 gols pelo Santos; Campeonato Brasileiro de 1983, com 22 gols pelo Peixe; e Paulista de 1984, com 16 gols mais uma vez pelo Santos.

Conhecido como “o artilheiro indomável”, as confusões se tornaram a marca registrada na vida do jogador, como, por exemplo, a briga com o zagueiro rival, Mauro, num jogo entre Santos e Corinthians, em 1983; a agressão ao goleiro Emerson Leão, bem como em repórteres na final do campeonato brasileiro de 1983, disputado contra o Flamengo.

Esses e outros assuntos, inclusos no livro do jornalista Wladimir Miranda, estarão em pauta durante o encontro que contará, inclusive, com a mediação do jornalista prudentino Ronaldo Nascimento.

Trajetória esportiva

Sérgio Bernadinho nasceu no bairro paulistano da Casa Verde, no dia 23 de dezembro de 1953. Desde sua infância ele nunca escondeu que o seu time do coração era o Santos FC, mas, devido a distância entre a baixada santista e a capital, ele optou por iniciar sua carreira nas equipes da base do São Paulo, no ano de 1970, aos 17 anos. Em 1972 o jogador foi emprestado pela o Marília, voltando ao time paulistano em 1973, ano em que estreou como centroavante na equipe profissional.

Pelo São Paulo, Serginho levou 189 partidas para marcar os 100 primeiros gols dele pelo time (sétima melhor marca da história – o recordista é Friedenreich, que levou apenas 119). Se considerados os primeiros 200 gols, somente três atletas atingiram essa marca e Serginho precisou de 350 jogos para alcança-los – Luis Fabiano, o recordista, precisou de 314 e Gino Orlando, o terceiro posto, 373.

No Santos, por sua vez, o atleta chegou experiente, com 29 anos. A partir de 1983, conquistou a artilharia do Campeonato Brasileiro, além da artilharia e de ter sido o responsável pelo gol do título no Campeonato Paulista de 1984 contra o seu maior rival, o Corinthians, por 1 a 0. Ao todo, marcou 104 gols com a camisa do Peixe e, ao lado do ponta-esquerda João Paulo e dos atacantes Robinho e Neymar, é um dos quatro maiores goleadores da equipe após a "Era Pelé".

Vendido ao Corinthians, Serginho se apresentou juto com outros jogadores consagrados, no início de 1985, e o time ganhou o apelido de "Seleção Corintiana". No entanto, a experiência não deu certo, e em outubro o atacante já falava que gostaria de voltar ao Santos e que já estava "em ritmo de férias". Quando voltou à Vila Belmiro, Serginho deu uma declaração polêmica: "Estou de volta, depois de um ano de férias no Corinthians."

Compartilhe
Notícias Relacionadas

Rua Catharina Venturim Peretti, 171

Mário Amato - Presidente Prudente-SP

Telefones: 18-3909 3629 | 18-98122 7428

© Portal Prudentino - Todos os direitos reservados.