| Presidente Prudente/SP

Universitária é presa por aborto e corpo de bebê em mala

Laudo médico apontou que criança foi morta por asfixia mecânica

ROGÉRIO MATIVE

Em 13/06/2016 às 08:49

De acordo com a polícia, a amiga levou para a delegacia uma mala viagem que estava no porta-malas de seu veículo

(Foto: Cedida/PC)

A Polícia Civil de Dracena prendeu uma universitária acusada de infanticídio praticado nesse domingo (12), em Dracena. O corpo de uma recém-nascida foi encontrado em uma mala de viagem.

A jovem, 23 anos, teve o ato descoberto após ser internada na Santa Casa de Misericórdia reclamando de cólicas e sangramento. A equipe médica suspeitou da prática de aborto e acionou a policia.  

Após perícia, ficou comprovado o homicídio. O laudo médico apontou que a criança foi morta por asfixia mecânica. A Polícia Civil conseguiu localizar uma testemunha que teria acompanhado a jovem universitária quando ela procurou por ajuda médica. A testemunha confirmou que deixou a acusada no Pronto-Socorro.

De acordo com a polícia, a amiga levou para a delegacia uma mala viagem que estava no porta-malas de seu veículo. Ao abrir, os agentes encontraram o corpo da criança envolvido em toalhas.

Com escolta policial, a jovem foi presa em flagrante e aguarda alta médica para ser levada à unidade penitenciária, onde permanecerá à disposição da Justiça. Caso seja condenada, ela deverá cumprir pena de dois a seis anos.

Compartilhe
Notícias Relacionadas

Rua Catharina Venturim Peretti, 171

Mário Amato - Presidente Prudente-SP

Telefones: 18-3909 3629 | 18-98122 7428

© Portal Prudentino - Todos os direitos reservados.