| Presidente Prudente/SP

Batatec reunirá pesquisadores e produtores no IBC

Da Redação

Em 12/06/2018 às 19:24

Prudente conta com a maior área plantada: 800 hectares de batata-doce

(Foto: Arquivo)

A troca de experiências e informações técnicas será fomentada durante a 1ª Feira Tecnológica da Batata-Doce de Presidente Prudente (Batatec), que tem início sexta-feira (15), às 19h, no Centro de Eventos IBC. A palestra “Empreendedorismo no Agronegócio”, ministrada pelo gerente regional do Sebrae, José Carlos Cavalcante, abre o evento.

A programação técnica de palestras terá o objetivo de transferir informações diretamente ao produtor rural. “Estamos trazendo para Presidente Prudente os maiores especialistas da cultura de batata-doce, que são destaque em todo o Brasil. É uma oportunidade única de ouvir sobre assuntos novos como produção de etanol de batata doce, que será abordada por um dos maiores especialistas do país [Márcio Silveira], da Universidade de Tocantins", comenta o professor de Agronomia, Fábio Rafael Echer.

"Além disso, temas como a adubação da cultura para solos arenosos, que impactam diretamente no custo de produção e ainda o melhoramento genético e variedades adequadas tanto para a industrialização como para o consumo in natura serão debatidos durante o evento", fala Echer, que será um dos palestrantes e falará sobre "Ecofisiologia da Batata-doce", um tema, que descreve os fatores ambientais importantes como água, luz e temperatura para o bom desenvolvimento da cultura.

Atualmente, a variedade canadense é a mais cultivada na região, com polpa clara vai direto para a mesa do consumidor e, desta forma, exige padrão alto de classificação.

Dados de produção de 2016 do Instituto de Economia Agrícola indicam que os municípios que integram a Coordenadoria de Assistência Técnica Integral de Presidente Prudente e Presidente Venceslau possuem uma área cultivada com 3.254 hectares e a produção de 52.854,24 toneladas de batata-doce. A produtividade gira em torno de 16,25 toneladas/hectare.

Prudente conta com a maior área plantada: 800 hectares, seguido de Pirapozinho, onde são cultivados 500 hectares de batata-doce.

Comercialização

Segundo o pesquisador da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios, Ricardo Firetti, o mercado da batata doce  vive um momento de evolução. “Em 2014 as vendas ao varejo saltaram de no máximo 2,5 mil kg por mês para 5 mil Kg; em 2016 houve um aumento  do consumo interno e da importação, principalmente da Argentina, e o produto passou a remunerar bem o produtor.  Atualmente estamos em uma fase com potencial de melhoria dos preços, pois a safra do país vizinho está sendo prejudicada pelo clima seco”, afirma  Firetti.

A batata-doce pode ser colhida em até quatro vezes no ano, dependendo do cronograma de plantio.

Inscrições

Estudantes, produtores e técnicos devem participar das palestras gratuitas realizando inscrições antecipadas por meio do site: www.cursosfundag.com.br/batatec-feira-de-tecnologia-da-batata-doce.

Veja a programação completa:

Sexta-feira -15/6
Palestrante: José Carlos Cavalcante – Sebrae

Sábado – 16/6
8h às 8h35- Palestra- Nutrição e Adubação da Batata Doce em solos arenosos.
Palestrante: Adalton Mazetti Fernandes – Cerat- FCA/ Unesp Botucatu

8h35 às 9h – Palestra: Ecofisiologia da Batata- Doce
Palestrante: Fábio Rafael Echer- Unoeste

Domingo -17/06
9h40 às 10h20- Tema- Programa de biofortificação da batata-doce
Palestrante: Alexandre Furtado Silveira Mello- Embrapa/ Hortaliças/ Brasília/ DF

10h20 às 11h- Melhoramento genético da batata-doce: dificuldades e desafio
Palestrante: Pablo Forlan Vargas- Unesp Ilha Solteira

11h10 às 11h40
Tema: Processamento e produtos de batata-doce
Palestrante: Emerson Loli Garcia Cerat- FCA/ Unesp Botucatu

14h às 16h
Tema: Etanol de batata-doce
Palestrante: Márcio Silveira – Universidade Federal do Tocantins
 

Compartilhe
Notícias Relacionadas

Rua Catharina Venturim Peretti, 171

Mário Amato - Presidente Prudente-SP

Telefones: 18-3909 3629 | 18-98122 7428

© Portal Prudentino - Todos os direitos reservados.