| Presidente Prudente/SP

Prefeitura de Prudente gasta R$ 782 mil com viagens em um ano

Bugalho esteve 99 dias fora da cidade, aponta Portal da Transparência

Rogério Mative

Em 02/01/2018 às 07:40

Total gasto em deslocamentos englobam a Prefeitura, secretarias, fundações, Prudenprev e Sassom

(Foto: Arquivo)

Em tempos de crise, a Prefeitura de Presidente Prudente fechou o ano passado com um gasto de R$ 782.015,41 em viagens de prefeito, vice-prefeito, secretários e diretores municipais. De acordo com dados da prestação de contas feita no Portal Transparência, o chefe do Executivo, Nelson Bugalho (PTB) fez 35 viagens em 2017, ficando 99 dias fora da cidade.

O total gasto em deslocamentos para outras cidades do país e até do Exterior englobam a Prefeitura, secretarias, fundações, Prudenprev - Sistema de Previdência dos Servidores Públicos - e Serviço de Assistência e Seguro Social dos Municipiários (Sassom), este último não apresentou gastos.

Dos R$ 782 mil, o prefeito gastou R$ 62.913,19 em 35 viagens totalizando 99 dias fora de Prudente, conforme prestação de contas no Portal da Transparência. Entre os dias 8 e 11 de novembro, por exemplo, Bugalho esteve em São Paulo (SP), Recife (PE), Brasília (DF) e Barcelona (Espanha), em levantamento realizado pelo Portal.

Em uma comparação com o prefeito da maior cidade da América Latina, João Doria (PSDB), o tucano fez 43 viagens em 11 meses à frente da Prefeitura de São Paulo, ou seja, apenas oito a mais do que Bugalho.

Já o vice-prefeito Douglas Kato (PTB) soma R$ 8.188,31 gastos em viagens. Em relação aos secretários municipais, são R$ 136.586,77, enquanto que diretores e assessores R$ 77.793,94.

No caso de diretores, as despesas são em participações de competições em campeonatos, Jogos Regionais e Jogos Abertos.

Fora da lei

Em alguns casos, a prestação de contas é incompleta, com a descrição "despesa de viagem e alimentação". A prática é vista em viagens do secretário de Assuntos Viários, Oswaldo de Oliveira Bosquet, do assessor da Secretaria Municipal de Turismo, Paulo Sílvio Sanches, entre outros servidores.

O Portal da Transparência foi criado por meio da Lei 6.909/2008, que tem como autor o próprio Bosquet, vereador na época.

Nela, o artigo 10 aponta que diárias e passagens pagas a servidores públicos em viagem em razão do trabalho terão seus dados publicados e atualizados quinzenalmente, devendo constar as seguintes informações: origem de todos os trechos da viagem; destino de todos os trechos da viagem; período da viagem; motivo da viagem; meio de transporte; categoria da passagem; valor da passagem; número de diárias; valor total das diárias; valor total da viagem; entre outros.

Compartilhe
Notícias Relacionadas

Rua Catharina Venturim Peretti, 171

Mário Amato - Presidente Prudente-SP

Telefones: 18-3909 3629 | 18-98122 7428

© Portal Prudentino - Todos os direitos reservados.