| Presidente Prudente/SP

'Prudenco é um paraíso', diz vereador sobre gratificações

Empresa entra na mira de parlamentares; administração paralela é citada

ROGÉRIO MATIVE

Em 25/09/2018 às 18:00

Assunto veio à tona quando os vereadores debatiam sobre a necessidade de corte de gastos pela Prefeitura

(Foto: Cedida/AI/Maycon Morano)

Mais uma vez, a Companhia Prudentina de desenvolvimento (Prudenco) entrou no radar dos vereadores. Desta vez, o pagamento de gratificações e uma possível "administração paralela" foram expostos pelo vereador Izaque Silva (PSDB), que intitulou a empresa de economia mista como um "paraíso".

O assunto veio à tona quando os vereadores debatiam sobre a necessidade de corte de gastos pela Prefeitura visando estancar as contas que apresentam déficit. "Quando fala de economia, fala-se muito em secretarias e cargos comissionados. Existem várias outras formas de economizar. Não vejo nenhum vereador falar da Prudenco. A Prudenco é um paraíso", cravou.

"E, existem muitos comentários que lá se ganha o que o chefe do departamento pessoal e o presidente determinarem. Pode ser um salário de 5, 6, 7, 8, de 12, 15 [mil]. Seria muito interessante saber o que realmente acontece na Prudenco. É um dinheiro que sai dos cofres da Prefeitura para a Prudenco e esse dinheiro é de impostos pagos pelos prudentinos", frisou o vereador.

Segundo ele, um requerimento será elaborado cobrando do prefeito Nelson Bugalho (PTB) informações sobre a Prudenco e uma possível "administração paralela" na empresa. "A situação é geral. Ouço comentários de funcionários. Não é só questão de secretarias. Temos que saber o que acontece naquele paraíso chamado Prudenco. Estou preparando um requerimento solicitando informações", adiantou.

"Espero que o prefeito possa [responder], que me disseram que lá tem uma administração paralela, e que o prefeito não manda lá. Que é uma administração descentralizada. Logo após as eleições [vou pedir] um levantamento geral", reforçou.

Na sequência, dois parlamentares pediram para participar da confecção do documento. "Fiz denúncia ao Ministério Público. Tem um inquérito lá e estamos acompanhando", lembrou Demerson Dias (PSB).

Revelação

Já o tucano Natanael Gonzaga revelou que possui uma lista com todos os nomes e gratificações recebidas por servidores da Prudenco. Ele deve anexar o documento com as informações ao requerimento.

"Tenho uma relação com todas as gratificações, diretores que estão ali que têm bom salário e uma gratificação de R$ 1 mil, R$ 1,5 mil", citou.

Outro lado

O Portal entrou em contato com a assessoria de imprensa da empresa. Porém, não obteve resposta até a publicação desta matéria.
 

Compartilhe
Notícias Relacionadas

Rua Catharina Venturim Peretti, 171

Mário Amato - Presidente Prudente-SP

Telefones: 18-3909 3629 | 18-98122 7428

© Portal Prudentino - Todos os direitos reservados.