| Presidente Prudente/SP

Prudente fecha com 468 casos positivos de leishmaniose em 2017

Da Redação

Em 20/02/2018 às 13:08

No sábado (24), agentes do CCZ realizarão plantão de chipagem e coleta de sangue para exame de leishmaniose em dois bairros

(Foto: Arquivo/Secom)

A contabilização de casos de Leishmaniose Visceral Canina (LVC) foi encerrada pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Presidente Prudente nesta terça-feira (20). O ano passado somou 468 registros da doença.

Do total, foram 449 autóctones - contraídos no município - e 19 importados. O último balanço referente ao ano passado inclui mais 26 confirmações, sendo 24 contraídos em Prudente.

Em relação aos últimos casos, o bairro mais afetado é o Jardim Vila Real, com oito registros.  Em seguida, aparecem Jardim Santa Mônica, Parque Alexandrina e Residencial São Paulo, com dois casos. Na sequência, aparece o Jardim Novo Bongiovani, Residencial 3º Milênio, Residencial Maré Mansa, João Domingos Netto, Jardim Aviação, Vila Santa Helena, Jardim Ouro Verde, Parque Cedral, José Rotta, Vale do Sol, Jardim Itaipu e distrito de Floresta do Sul, com um caso cada.

Plantão

No sábado (24), agentes do CCZ estarão na Vila Aurélio, na zona leste da cidade. Eles realizarão plantão de chipagem e coleta de sangue para exame de leishmaniose. A ação será realizada na Rua Antônio Penha, próximo a Academia da Terceira Idade (ATI), das 8h às 12h.

Já no período da tarde, das 13h às 16h, o estande será levado para o Jardim Santa Fé. O plantão ocorre na Rua José Gimenes, aos fundos do Sesi.
 

Compartilhe
Notícias Relacionadas

Rua Catharina Venturim Peretti, 171

Mário Amato - Presidente Prudente-SP

Telefones: 18-3909 3629 | 18-98122 7428

© Portal Prudentino - Todos os direitos reservados.