| Presidente Prudente/SP

Opinião: Sérgio Jorge deixa uma lacuna irreparável

*Cássio Oliveira

Em 06/01/2018 às 11:27

Falecimento do professor, radialista e jornalista Sérgio Jorge Alves deixa uma lacuna irreparável na sociedade, diz Oliveira

(Foto: Arquivo Pessoal)

O ano de 2018 começou com uma grande perda. O falecimento do professor, radialista e jornalista Sérgio Jorge Alves, na noite do dia 5 de janeiro, deixa uma lacuna irreparável na sociedade e, principalmente para todos que admiravam o seu trabalho e sua atuação no cenário esportivo, educacional e político. 
 
A minha primeira recordação do professor Sérgio Jorge foi através das ondas do rádio. Isso ocorreu no início da década de 1990, quando militava na antiga Diário AM 1380 KHZ – hoje Fronteira AM. 
 
Eu estudava no período da tarde, na Escola Professor Hugo Miele, e chegava em casa, lá no Jardim Paulista, por volta das 18h, já no início do programa de esportes comandado pelo professor e sua equipe.
 
Naquela época, admirava o rádio e já queria atuar nesse importante e fascinante veículo de comunicação. O sonho de adolescente virou realidade em 1998. Consegui entrar no meio radiofônico por influência do professor Sérgio Jorge e de outros grandes profissionais que o rádio produziu ao longo de décadas.
 
O professor Sérgio Jorge foi um contador de histórias. Que satisfação vê-lo ou visita-lo! Era uma honra ouvir os “causos” que contava do futebol, da política, do rádio, das transmissões esportivas e de outros assuntos. 
 
O legado do professor ficará eternizado nos corações e mentes de todos nós. Descanse em paz e ao lado de Deus, professor Sérgio Jorge Alves!
 
*Cássio Oliveira é radialista e jornalista. Atualmente trabalha como assessor de imprensa do deputado Izaque Silva
 
Compartilhe
Notícias Relacionadas

Rua Catharina Venturim Peretti, 171

Mário Amato - Presidente Prudente-SP

Telefones: 18-3909 3629 | 18-98122 7428

© Portal Prudentino - Todos os direitos reservados.