| Presidente Prudente/SP

PSB anuncia fim do namoro com governo Bugalho

Partido decreta independência e bancada fiscalizadora na Câmara

ROGÉRIO MATIVE

Em 07/02/2018 às 18:05

Partido reuniu os três vereadores para decretar independência em votação de projetos na Câmara Municipal

(Foto: Jhow Gomes /AI)

Iniciado em julho do ano passado, o "namoro" entre o prefeito Nelson Bugalho (PTB) e o Partido Socialista Brasileiro (PSB) acabou. Nesta quarta-feira (7), o partido reuniu os três vereadores para decretar independência em votação de projetos na Câmara Municipal. A segunda maior bancada no Legislativo também será "mais fiscalizadora".
 
Em entrevista ao Portal, o presidente do diretório municipal do PSB, Cleiton Barbalho, nega que a sigla fará oposição e prefere utilizar a palavra "independência" como norteadora dos próximos passos do partido na política local.
 
"Oposição não é uma palavra a ser usada, pois não somos oposição. Mas, independentes. Principalmente diante da inércia do governo em certos acontecimentos dos últimos dias. Vamos ampliar nosso trabalho de fiscalização. O governo e algumas secretarias estão sem ação e o município não pode ficar assim", argumenta.
 
Na reunião com os parlamentares, foram debatidas metas e prioridades para este ano, que é marcado por eleições para presidente da República, governador, senador, deputado federal e deputado estadual. 
 
"A agremiação desenvolve um trabalho totalmente independente no Legislativo municipal, não tendo qualquer participação na atual administração da Prefeitura, embora tenha colaborado com o que tem sido proposto pelo Executivo, desde que resultando em favor da população", diz o partido em nota enviada à imprensa. 
 
A bancada do PSB na Câmara Municipal é formada por Demerson Dias, Adão Batista e Anderson Silva. "Tanto a direção do partido, quanto seu representante na Assembleia Legislativa, em São Paulo, deputado Ed Thomas, têm destacado a atuação dos seus representantes no Legislativo municipal, da maior cidade do oeste paulista, deixando bem claro que confiam plenamente no trabalho desenvolvido por eles e no seu comprometimento com a liberdade partidária e de continuarem trabalhando pelo desenvolvimento de Presidente Prudente". 
 
Começo no namoro
 
Sofrendo seguidos desgastes na votação de projetos, Bugalho iniciou diálogo com o PSB no meio do ano passado visando amenizar tal situação e ganhar maior folga no Legislativo.A tática foi oferecer até duas secretarias para a sigla e costurar uma aliança para os próximos anos. 
 
Na época, um dos pedidos do partido era a saída de Oswaldo Bosquet, atual secretário de Assuntos Viários, da chefia da Secretaria de Relações Institucionais. A chegada de Marcos Tadeu Cavalcante no governo esquentou o possível casamento.
 
Porém, em agosto, o vereador Demerson Dias,classificou um possível acerto como "chacota" e esfriou as negociações. Nos últimos meses, o PSB manteve a linha de cobrança ao Executivo nas tribunas.
 
Compartilhe
Notícias Relacionadas

Rua Catharina Venturim Peretti, 171

Mário Amato - Presidente Prudente-SP

Telefones: 18-3909 3629 | 18-98122 7428

© Portal Prudentino - Todos os direitos reservados.