Segunda-feira 1 de maio de 2018 | Presidente Prudente/SP

Estado fecha convênio para leitos no HC; Santa Casa e HR aguardam na fila

ROGÉRIO MATIVE

Em 14/01/2021 às 14:22

Serão reabertos 80 leitos clínicos e 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no HC

(Foto: Amanda Perobelli/Reuters)

Na manhã desta quinta-feira (14), foi assinado o convênio entre Hospital Regional do Câncer de Presidente Prudente (HRCPP) e Governo do Estado para a reabertura de 80 leitos clínicos e 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) visando o atendimento de pacientes oncológicos e de outras patologias – exceto Covid – da região. Agora, Hospital Regional (HR) e Santa Casa aguardam pela operacionalização de 20 novas vagas exclusivas para infectados pela doença.

De acordo com o HC, o novo convênio prevê o repasse de seis parcelas de R$ 1.841.131,32 e segue até o dia 30 de junho.

"Esse convênio é uma prorrogação do contrato firmado em julho de 2020, mediante solicitação da Diretoria Regional de Saúde 11 para que o Hospital do Câncer cedesse a estrutura para ajudar no enfrentamento da Covid-19", diz a instituição, em nota.

Na primeira fase do convênio, foram transferidos mais de 480 pacientes em três meses, sendo necessária a contratação de mais de 150 profissionais para diferentes setores.

Agora, o hospital aguarda a publicação do convênio no Diário Oficial do Estado e o repasse dos recursos financeiros para que possa iniciar as transferências dos pacientes. 

Santa Casa e HR

De acordo com o secretário estadual de Desenvolvimento Regional, Marcos Vinholi, serão criados mais 20 leitos de UTI para pacientes com coronavírus no Hospital Regional e Santa Casa de Misericórdia de Prudente.

O HR afirma desconhecer, no momento, a criação de novos leitos. Atualmente, conta com 20 vagas, sendo 10 reativadas no fim de dezembro.

Já a Santa Casa informa que aguarda a finalização do contrato e "posterior assinatura do convênio para o funcionamento de 10 leitos de UTI".

Em nota enviada ao Portal, a Secretaria Estadual de Saúde adianta que a "renovação dos convênios com as instituições estão em fase de finalização".

Até essa quarta-feira (13), a taxa de ocupação era de 77,2% em UTI e 63,8% em enfermaria. "Portanto, a rede hospitalar segue com condições de assistir casos graves do novo coronavírus", diz o órgão estadual. 

Compartilhe
Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Prudentino.

Fique tranquilo, seu email não será exibido no site.
Notícias Relacionadas

Telefone: 18-98122 7428

© Portal Prudentino - Todos os direitos reservados.