| Presidente Prudente/SP

Devo toda a minha vida política ao Agripino, diz ex-prefeito Tupã

ROGÉRIO MATIVE

Em 07/03/2018 às 17:57

Tupã foi secretário municipal de Obras no terceiro mandato de Agripino Lima e, em 2008, eleito prefeito de Prudente com apoio do seu padrinho político

(Foto: Arquivo/Secom)

Mito para uns, visionário para outros. Com tantos adjetivos, Agripino de Oliveira Lima Filho conquistou a simpatia e admiração da camada mais pobre da população ao longo de sua vida política. Máquina de votos, obteve recordes em suas candidaturas e conseguiu, de quebra, eleger filho, irmão, ex-esposa e afilhados políticos.

Um dos apadrinhados por Agripino Lima é o ex-prefeito Milton Carlos de Mello (Tupã, DEM). "Na minha vida política, o professor Agripino representa tudo. Foi a primeira pessoa a acreditar em mim quando me chamou para ser secretário municipal de Obras e depois para ser candidato a prefeito. Ele sempre me apoiou e me ensinou muito", fala Tupã, em entrevista ao Portal.

"É um momento muito triste para mim. Agripino foi o meu pai, amigo e confidente. Vai deixar um legado que nunca ninguém vai substituir. Defensor da população menos favorecida, ele era uma pessoa polêmica, mas muito correta. De origem pobre, venceu na vida com muita humildade", lamenta o ex-prefeito.

Tupã foi secretário municipal de Obras no terceiro mandato de Agripino Lima e, em 2008, eleito prefeito de Prudente com apoio do seu padrinho político. "O que mais marcou minha vida nesta amizade foi quando me tornei prefeito e ele foi a primeira pessoa que procurei. Nos abraçamos e choramos muito. Foi um momento que nunca vou esquecer. Amo muito ele, devo toda a minha vida política a ele. Pessoa que conheci com 17 anos. Daqui uns dias, faço aniversário, ou seja, quase 40 anos juntos", diz.

Entre os fatos que são lembrados com risos, Tupã recorda o dia em que Agripino Lima decidiu bloquear a marcha de 3 mil sem-terras liderados por José Rainha Júnior, em 2002. A ação do ex-prefeito foi destaque nacional em todos os jornais e TVs.

"Neste dia, ele me ligou às 17h30 e disse: 'vai para a secretaria e pega todas as máquinas e traz para o Aeroporto'. Eu questionei: 'o senhor está doido?' Mas, em seguida ele retrucou e falou: 'eu estou mandado, venha logo'; e desligou o telefone", relembra.

Para Tupã, não haverá outro político com o mesmo perfil de Agripino Lima. "Ninguém vai substituir os laços de amor que ele criou com a população e seus feitos. Prudente não vai ter outro igual a ele. Agora, o que resta é saudade", finaliza.

Compartilhe
Notícias Relacionadas

Rua Catharina Venturim Peretti, 171

Mário Amato - Presidente Prudente-SP

Telefones: 18-3909 3629 | 18-98122 7428

© Portal Prudentino - Todos os direitos reservados.